Postado em sábado, 8 de dezembro de 2007

Unifal enviará proposta de expansão ao MEC

Alessandro Emergente

A proposta de expansão da Unifal já está aprovada pelo Conselho Superior da instituição (órgão deliberativo que reúne representantes da comunidade acadêmica e da sociedade local) e deve ser enviada ao MEC (Ministério da Educação) esta semana. O projeto cria dois novos campus (um em Alfenas e outro em Poços de Caldas) e a oferta de 434 vagas anuais no ensino superior. 

O processo de expansão deverá ter início a partir de 2008 com a criação de três cursos de graduação (Ciências Sociais, História e Letras) no campus de Alfenas. No primeiro semestre de 2009, iniciaria o curso de Fisioterapia. Já no campus de Poços de Caldas, três cursos serão criados (Engenharia Química, Engenharia Ambiental e Engenharia de Minas e Solos) com oferta anual de 240 vagas.

Para que o projeto seja implantado, o MEC ainda terá que dar o aval o que deve acontecer na primeira quinzena de janeiro. Esta nova fase de expansão integra o programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (Reuni), criado no primeiro semestre deste ano. O Reuni prevê, para os próximos anos, investimentos de R$ 2 bilhões na expansão do ensino superior público.

A proposta da Unifal prevê a criação de 434 vagas/anuais. Só no período noturno seriam 252 vagas. Um terreno de 20 hectares foi doado pela prefeitura de Alfenas para a construção de um segundo campus na cidade. Em Poços de Caldas, a prefeitura deve fazer a doação de um terreno de 500 mil m².

Do total de vagas ofertadas, 10% serão para o curso de Bacharelado Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia do campus Poços de Caldas. Para a pós-graduação stricto sensu (Mestrado e Doutorado), estão previstos um aumento de 300% de vagas o que significa a criação de 96 vagas até 2014.
  
A Unifal ainda não concluiu a primeira fase de expansão que criou oito novos cursos de graduação. Outros três serão criados em 2008 com a implantação do campus de Varginha. Caso o MEC aprove a adesão ao Reuni, serão 25 cursos em quatro campus – dois deles em Alfenas.

O número de vagas ofertadas nos cursos de graduação subirá de 340 (antes de 2006 quando teve início a expansão) para 1.199. O número de professores aumentará de 163 para 401 no mesmo período. Os investimentos previstos em obras e instalações são de R$ 9,4 milhões.  








   
COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.


 

4 Comentários

Comentar essa Notícia
 
Carregar mais comentários
   
Termos e Condições para postagens de Comentários
Comentar essa Notícia










Alfenas Hoje - Jornalismo com responsabilidade
Copyright © 2007 - 2017 - Todos os direitos reservados

Adapt Soluções e Treinamentos