Postado em terça-feira, 30 de outubro de 2018 às 10:25

Descobriram característica (bem positiva) nas pessoas que enrolam para sair da cama

Se todos os dias de manhã você, mesmo ouvindo o toque do despertador, passa um tempão enrolando na cama, adiando ao máximo o momento de finalmente...


 Se todos os dias de manhã você, mesmo ouvindo o toque do despertador, passa um tempão enrolando na cama, adiando ao máximo o momento de finalmente se levantar, certamente já foi chamado de preguiçoso e indisciplinado, certo?

Mas saiba que este hábito pode indicar algo bastante positivo sobre sua personalidade: de acordo com um estudo feito pela Universidade College London, pessoas que “brigam” com despertador e demoram para se levantar da cama são mais criativas, inteligentes e até mais felizes.

Quando a “preguiça” é indício de inteligência


A pesquisa, realizada com mais de 20 mil jovens, aponta que o ser humano hoje está melhor adaptado para viver e dormir em horários diferentes, ao contrário de nossos antepassados, que “obedeciam” a luz do dia para dormir e acordar. Esta adaptação à vida moderna seria, segundo os cientistas, um sinal de inteligência.

Ainda segundo o trabalho científico, é preciso ser inteligente para lidar com o botão de soneca do despertador, já que ele é uma invenção muito recente.

Existe ainda outro fator considerado relevante para indicar Q.I. maior entre os “preguiçosos”: o aprendizado em ouvir as necessidades do próprio corpo em vez de apenas obedecer os ponteiros do relógio.

Além disso, a capacidade de buscar paixões e soluções próprias, independentemente de uma questão cronológica, tornaria o ser humano mais criativo, inteligente e, consequentemente, mais felizes, dizem os estudiosos.



Fonte:Vix