Postado em quinta-feira, 18 de outubro de 2018 às 09:15

Nicole Kidman muda aparência para viver policial abatida: ´Senti tristeza e dor por ela´

Na história, personagem tem passado que a assombra após operação com consequências devastadoras. Críticos dizem que atriz aparece ´quase irreconhecível´....


 
Nicole Kidman em ´Destroyer´ — Foto: Divulgação

A atriz Nicole Kidman passou por uma transformação dramática para seu novo filme, "Destroyer", no qual vive uma policial abatida e de aparência cansada com uma história de vida dolorosa.

A vencedora do Oscar trocou as longas mechas loiras por um corte na altura do pescoço, com estilo desleixado, para viver Erin Bell.

Na trama, a detetive tem um passado que continua a assombrá-la anos depois de se infiltrar em uma gangue de criminosos em uma operação com consequências devastadoras.

"Eu simplesmente a senti, e senti tristeza e dor por ela", disse Nicole durante no Festival de Cinema de Londres, neste domingo (14).

"Achei que havia uma inquietação e uma complexidade em sua raiva, que acho nunca ter visto na tela, particularmente na forma feminina".

Essa não é a primeira vez que a estrela de Hollywood de 51 anos muda o visual para um papel. Ela também se transformou para interpretar Virginia Woolf em "As horas", papel que lhe rendeu uma estatueta de Melhor Atriz em 2003.


Nicole Kidman posa no Festival de Cinema de Londres — Foto: Joel C Ryan/Invision/AP

´Quase irreconhecível´

Em "Destroyer", a atuação também foi bem recebida pelos críticos. Muitos disseram que Kidman está "quase irreconhecível".

"A maneira como apareço e me comporto no filme é o resultado de muito trauma", disse. "Essa é a beleza do cinema, você usa a imagem, nem sempre precisa ter as palavras".


A diretora Karyn Kusama descreveu a personagem como um "ser humano realmente complicado", que lida com arrependimento, culpa e vergonha. Uma equipe de cabeleireiros e maquiadores trabalhou na transformação da aparência de Kidman.

"Conversamos muito sobre os danos do sol, da falta de sono, do excesso de bebida e da alimentação insuficiente e chegamos a uma versão extrema de toda essa falta de cuidados pessoais", contou Karyn.

O filme tem estreia prevista para dezembro nos Estados Unidos. Ainda não há data para o Brasil.



Fonte:G1