Postado em quinta-feira, 2 de agosto de 2018 às 06:06

Acusado de execução de menor é transferido de Ribeirão Preto para Alfenas

Da Redação

Um dos suspeitos de envolvimento na execução do adolescente Wescley Correia Ribeiro foi transferido do sistema prisional de Ribeirão Preto para o de Alfenas. Edson Eugênio da Silva (conhecido como “Testa”), 31 anos, foi preso em junho no interior paulista

O menor, que tinha 17 anos, foi morto em maio após incendiar um ônibus no início daquele mês. Em um vídeo, o adolescente aparecia relacionando o incêndio do veículo de transporte coletivo a morte de Reginaldo Pereira da Silva, o Nadinho, ocorrida um dia antes.

O suspeito foi indiciado pelo assassinato e execução da vítima (Foto: Arquivo)


Silva foi preso pela Polícia Militar de São Paulo após compartilhamento de informações com as corporações de Minas Gerais. A prisão foi em decorrência de um mandado de prisão preventiva requerido pela Divisão de Homicídios de Alfenas, da 2ª Delegacia Regional da Polícia Civil (2ª DRPC).

Além de Silva, outros dois suspeitos já haviam sido presos pela participação na execução do menor. São eles André Luís Esteves (conhecido como De Negão), 30 anos, e José Henrique dos Santos Ramos, (conhecido como Zezinho), 27 anos. Eles foram indiciados pela execução do menor e por ocultação de cadáver.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Caracteres Restantes 500

Termos e Condições para postagens de Comentários


COMENTÁRIOS

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.