Postado em terça-feira, 12 de junho de 2018 às 08:08

Alunos da Apae contam suas histórias de amor e celebram o Dia dos Namorados Poços de Caldas

 As histórias de amor nascem sem escolher um cenário específico. Se por vezes o par ideal parece distante, por outras, pode estar bem ao lado, compartilhando da mesma rotina. Este é o caso de três casais que se conheceram na Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), em Poços de Caldas (MG). Para comemorar o Dia dos Namorados, celebrado nesta terça-feira (12), cada casal conta suas particularidades e prova que não há empecilhos onde existe amor.

A Apae de Poços de Caldas atende pessoas com deficiência intelectual, múltipla e autismo nos setores de educação, saúde e promoção social. Na instituição, os alunos podem interagir nos ambientes comuns de convivência e no dia a dia da escola, o convívio abre as brechas para o amor.

Amor puro
Os alunos Ingrid Beatriz de Oliveira, de 21 anos, e Flávio Márcio Carvalho Saraiva, de 24, se encantaram e logo engataram em um namoro. Mantiveram em segredo o começo da relação que já dura quatro anos.

“Eu gostava dele antes. E ele gostava de mim também. Antes a gente era amigo, aí depois eu e ele namoramos escondido da nossa família. Foi escondido para eles não ficarem sabendo por enquanto. Não era ainda o momento certo para contar”, relata Ingrid.


Ingrid e Flávio são namorados e atendidos pela Apae em Poços de Caldas (MG) (Foto: Camilla Resende/G1)

O pedido oficial do namoro partiu da namorada. Depois de comunicar as famílias, o casal teve apoio na relação. “É um namorinho muito puro, porque eles namoram dentro da escola e aqui não se pode ficar se abraçando, beijando. É aquele namoro puro, sem maldade. É para ter um companheiro, alguém para se gostar”, explica Márcia Carvalho Saraiva, mãe de Flávio.

Para o casal, a relação de respeito é também próspera. Os dois mantêm juntos alguns planos para o futuro. “Por enquanto a gente pensa em namorar primeiro, aí depois que a gente pensa em casar. Agora está muito cedo”, conta Ingrid.

Beleza da rotina
O namoro de Rafaela de Oliveira Ferreira, de 17 anos, e Thiago Henrique Souza dos Santos, de 18, é cheio de amor. Conectados pelas redes sociais e na relação diária, os jovens trocam apelidos carinhosos desde 2015, quando começaram a namorar.

“Foi assim: a gente se conheceu em 2015 aqui na Apae, e aí nós começamos a conversar como amigos… aí a gente viu que gostava um do outro como namorado”, relembra Thiago.


Rafaela e Thiago compartilham rotina na Apae em Poços de Caldas (MG) (Foto: Camilla Resende/G1)


A família dos jovens apoia o relacionamento e promove encontros entre os dois nos fins de semana. Desde que Rafaela pediu Thiago em namoro, a rotina dos dois na Apae é o que parece mais legal para o casal. A namorada conta que o lugar preferido dos dois é a escola, e Thiago explica - “é assim, a gente vai na aula e quando dá o intervalo a gente fica sentado no banco ali conversando, vamos pro refeitório juntos”.

A mãe de Thiago e a de Rafaela contam que orientam para que os dois tenham juízo, mas se mostram felizes com a relação. “O Thiago conversa comigo, é ‘sogrinha predileta amada’ o dia inteiro. Eu acho que o namoro fez bem para eles”, pontua a mãe de Rafaela, Maria Alípia de Oliveira.

Compartilhando ideias
Para firmar o namoro, o casal Bianca Maria de Almeida e Silva, de 22 anos, e Júlio César Roberto, de 20, apostou na conversa. Foi por meio do diálogo que o encantamento um pelo outro veio à tona.

“A gente foi conversando e acabou se gostando. Começou sendo só uma amizade, aí foi rolando e a gente se encantou um pelo outro”, conta Bianca.

A receita que mantém viva o relacionamento há 10 meses é valorizar cada uma das conversas. “A gente tem um diálogo entre a gente. O mais interessante mesmo é o quanto a gente pode conversar, trocar algumas ideias. A gente pode passear, ir ao shopping ou fazer alguma coisa diferente. Com uma companhia é muito melhor”, finaliza Bianca.


Bianca e Júlio, de Poços de Caldas (MG) valorizam as conversas no namoro (Foto: Camilla Resende/G1)

A mãe da jovem conta que famílias apoiam o namoro e se preocupam em orientar o casal. “É uma fase que todo mundo passa e a deles não ia ser diferente. A gente tem as mesmas preocupações, e conversa com os dois porque eles são jovens. A gente fala que eles têm que respeitar um ao outro, ir devagar, pensar em como vai ser daqui para frente e ter um namoro também com responsabilidade”, pontua Rita de Cássia Aparecida de Almeida e Silva.

Namoro na escola
A Apae entende que os relacionamentos são comuns na vida de qualquer pessoa, e por isso, se preocupa em orientar os alunos sobre como se portar na instituição. É o que explica a assistente social Neni de Almeida.

“O posicionamento da Apae diante dos relacionamentos amorosos dos alunos consiste em orientação. Os familiares ficam sabendo dos namoros pelos próprios filhos e vem até a instituição para conhecerem o namorado, ou namorada, escolhido. Tanto a família quanto os alunos são orientados quanto ao ambiente para namoro. Os encontros acontecem sob o olhar da família, eles são responsáveis em acompanhar os enamorados nos programas por eles escolhidos”


Famílias apoiam relacionamentos na Apae em Poços de Caldas (MG) (Foto: Camilla Resende/G1)

Declarações
Para comemorar o Dia dos Namorados, os casais foram convidados a declarar o seu amor. Com mais ou menos palavras, cada um encontrou uma forma de demonstrar o sentimento.

Ingrid: Eu amo ele. Gosto demais dele ainda. Ele é importante na minha vida, ele é o meu grande amor, está dentro do meu coração. O meu amor é só dele.

Flávio: É amor também. Eu acho ela bonita.

Rafaela: Além de ele ser muito importante para mim, ele é muito legal também. A gente conversa bastante e ele me trata bem.

Tiago: Para te falar a verdade, eu gosto muito dela e ela é o meu motivo para ser feliz. Por isso eu gosto tanto dela. Eu não pretendo me separar dela tão cedo. E tem um porém: mais pra frente, eu não estou pretendendo ficar apenas no namoro. Eu estou pretendendo casar com ela, se a minha sogra predileta amada aceitar.

Bianca: Eu queria dizer para ele que ele é tudo para mim, ele é a razão da minha vida, eu não sei o que seria da minha vida sem ele.

Júlio: Ela também é tudo para mim, gosto muito dela. Ela é bonita, minha companheira e muito inteligente.


casais se declaram no Dia dos Namorados em Poços de Caldas (MG) (Foto: Camilla Resende/G1)





Fonte: G1