Postado em sábado, 21 de abril de 2018 às 13:01

7 tendências no turismo para 2018

 Não dá para negar que a maneira como fazemos turismo hoje em dia é completamente diferente de dez anos atrás.

Seja na hora de escolher um destino, de reservar acomodações, passagens e carros ou mesmo quando estamos “turistando”, tudo é muito diferente hoje em dia. Essa mudança é, em grande parte por conta da tecnologia que nos é acessível atualmente, mas também pela maneira como vivemos nos dias de hoje.

Cada vez mais usamos a internet como recurso na hora de escolher um destino, de alugar uma casa em outro país ou para nos guiar quando estamos perdidos em uma cidade em que nunca estivemos.

Buscamos cada vez mais contato com a natureza, viajar com nossos pets e ter os mesmos confortos que temos em casa. Ao mesmo tempo queremos aproveitar para cuidar da nossa saúde e de nosso bem estar quando estamos viajando e, muitas vezes, buscamos um detox digital.

E, pensando no que será tendência no turismo no ano que se inicia na semana que vem, a gigante Booking.com realizou uma pesquisa com mais de 19 mil viajantes de 26 países para saber o que esperar em 2018.

“Como a tecnologia continua avançando, a maneira como viajamos também segue esta tendência. Isso acaba nos permitindo planejar as férias de maneira cada vez mais perfeita e, além de facilitar nossa vida, nos dá mais confiança, flexibilidade e opções”, disse Pepijn Rijver, chefe de marketing do site de busca de acomodações.


E aí, quer saber as tendências em turismo para o ano novo?

1. Mi casa, su casa



A tendência que tem crescido nos últimos anos de alugar casas e apartamentos ao invés de ficar em hotéis ficará ainda mais forte em 2018. Segundo a pesquisa do Booking.com, um em cada três viajantes disseram preferir se hospedar numa casa do que num hotel.

O estudo também apontou que 21% dos entrevistados gostariam de colocar sua casa num site de aluguel de imóveis para férias. A maioria dos entrevistados, porém, prefere ter a casa inteira para si sem ter a companhia do proprietário.

Segundo a pesquisa, 30% dos ouvidos disseram que é importante que os donos da casa não sejam muito presentes e 10% gostariam de não falar com os proprietários.


2. Miga, sua loka





Quer melhor companhia de viagem do que seus melhores amigos? Para 25% dos entrevistados na pesquisa do Booking.com, estes são os parceiros ideais para as aventuras que planejam em 2018.

Para a maioria dos entrevistados, mais importante do que o destino é a companhia e estar ao lado dos amigos ajuda a diminuir o estresse e a criar boas memórias.

Outro benefício de viajar com amigos é poder dividir a conta. Para 40% dos entrevistados na pesquisa, o fato de viajar com amigos fará com que se hospedem em lugares melhores do que os que ficariam sem eles, já que poderão dividir os custos da viagem.


3. De olho no dindim





Com o mundo passando por um período de graves crises econômicas, a indústria do turismo acabou sofrendo nos últimos anos. E, apesar do reaquecimento, os viajantes cada vez mais se preocupam com dinheiro na hora de viajar.

De acordo com o estudo, 47% dos entrevistados levará em conta a cotação da moeda do país antes de decidir seu destino em 2018.

A situação econômica do destino também será levada em conta por 48% dos entrevistados antes de bater o martelo. Mas, apesar disso, 30% dos viajantes afirmou que pretende fazer mais compras em Duty Frees no próximo ano e 26% deles disse que irá escolher destinos específicos para fazer compras pois sairá mais barato do que comprar em casa.


4. Saúde é o que interessa





A tendência de buscar lugares para o bem estar físico e mental não irá diminuir no próximo ano. Muito pelo contrário! Nada menos que 56% dos entrevistados na pesquisa afirmou que pretende fazer ao menos uma viagem para caminhar ou fazer trilhas em 2018.

Mas estas não são as únicas atividades planejadas pelos viajantes no ano que começa. Segundo a pesquisa, 33% deseja visitar um spa, 24% gostaria de pedalar, 22% de fazer atividades aquáticas, 16% de ir para um retiro de yoga, 16% de correr e 15% de fazer meditação em suas férias em 2018. Para 55% dos viajantes, uma viagem deste estilo será boa não só para a parte física mas também para a saúde mental.



5. Cultura pop como inspiração





Se você já decidiu ir para um país só porque ele aparece na sua série favorita ou no Instagram daquela famosa não se espante porque você não é o único. Muito pelo contrário.

Esta é uma tendência que irá crescer ainda mais no próximo ano. Segundo a pesquisa do Booking.com, 39% dos viajantes disseram que irão ler blogs (eba!!) ou ver vídeos no YouTube para buscar inspiração para suas viagens.

Outros 36% disseram que vão recorrer a cenários de filmes, séries e vídeos de música para escolher seus destinos.

E 22% disseram que estão tentados a assistir a um grande evento esportivo no próximo ano _destes, 43% disseram que gostariam de ver a Copa da Rússia. Dentre os destinos vistos em séries de TV que mais inspiram os viajantes estão Croácia, Espanha e Islândia, vistos em Game of Thrones (foto), com 29%, Londres, visto em Sherlock (21%) e The Crown (13%), Nova York, visto em Billions (13%) e Los Angeles, graças a Entourage (10%).

6. De volta ao passado




Enquanto caminhamos em direção ao futuro, muitos querem reviver as boas lembranças do passado. Pelo menos é o que indica a pesquisa. Pelo menos um terço dos entrevistados disse que considera viajar em 2018 para um lugar onde ia quando era criança.

Segundo os viajantes, este lugares trazem a tona boas memórias da infância, de familiares e de pets queridos. Nada menos que 44% dos entrevistados entre 18 e 24 anos (os millennials) pretende voltar a um lugar onde passava férias na infância.

7. Mais tecnologia, por favor




7. Mais tecnologia, por favor

Enquanto caminhamos em direção ao futuro, muitos querem reviver as boas lembranças do passado. Pelo menos é o que indica a pesquisa. Pelo menos um terço dos entrevistados disse que considera viajar em 2018 para um lugar onde ia quando era criança. Segundo os viajantes, este lugares trazem a tona boas memórias da infância, de familiares e de pets queridos. Nada menos que 44% dos entrevistados entre 18 e 24 anos (os millennials) pretende voltar a um lugar onde passava férias na infância.

Enquanto caminhamos em direção ao futuro, muitos querem reviver as boas lembranças do passado. Pelo menos é o que indica a pesquisa. Pelo menos um terço dos entrevistados disse que considera viajar em 2018 para um lugar onde ia quando era criança. Segundo os viajantes, este lugares trazem a tona boas memórias da infância, de familiares e de pets queridos.


Nada menos que 44% dos entrevistados entre 18 e 24 anos (os millennials) pretende voltar a um lugar onde passava férias na infância.Enquanto caminhamos em direção ao futuro, muitos querem reviver as boas lembranças do passado.

Pelo menos é o que indica a pesquisa. Pelo menos um terço dos entrevistados disse que considera viajar em 2018 para um lugar onde ia quando era criança. Segundo os viajantes, este lugares trazem a tona boas memórias da infância, de familiares e de pets queridos. Nada menos que 44% dos entrevistados entre 18 e 24 anos (os millennials) pretende voltar a um lugar onde passava férias na infância.



Para a maioria dos viajantes, tecnologia nunca é demais e inteligência artificial e realidade virtual cada vez mais devem ajudar em 2018.

Segundo a pesquisa, 29% dos viajantes entrevistados disse que confiaria num computador para planejar uma viagem no próximo ano com base em seu histórico e metade afirmou que não se importa em falar com uma pessoa ou uma máquina, contanto que seu problema seja solucionado.

De acordo com o estudo, 64% dos viajantes gostaria de fazer um tour virtual antes de comprar uma viagem no próximo ano.

 



Fonte: veja.abril