Postado em segunda-feira, 16 de abril de 2018 às 23:11

Alfenas é goleada em casa e perde liderança

Otávio Borba

A equipe de Alfenas foi goleada, por 6 a 3, por Machado e perdeu a liderança do Grupo C na Copa Alterosa. A partida, realizada no último domingo, foi no Estádio Rachid B. Saliba, campo do Operário, diante da torcida.

Alfenas havia conquistado a liderança do grupo na rodada passada ao vencer Machado, por 1 a 0, no campo do adversário. Mas, com a derrotada de domingo, perdeu a vantagem de liderar, permanecendo com 7 pontos, atrás de Machado que tem 9. Varginha segue com 7 pontos e Poço Fundo, nenhum ponto obtido. CLIQUE AQUI E CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO

A partida

Se sobrou acerto e raça na partida passada, em Machado, faltou em Alfenas, principalmente na primeira etapa quando o time comandado por Celso Liberato foi amplamente dominado pelo adversário que chegou a abrir 5 a 1 ainda no primeiro tempo.

Um festival de erros, tanto no ataque quanto no setor de meio campo e defesa, principalmente com o goleiro Celsinho Júnior que esteve em uma tarde bastante infeliz e insegura.

O primeiro gol dos machadenses, comandado pelo treinador Felipe Garcia, aconteceu aos cinco minutos, quando Celsinho Junior cobrou mal um tiro de meta. Com isto, a bola ficou com Diego "Verdura" que trocou passes e a bola sobrou para Zé Luiz, na entrada da grande área, para bater firme e fazer 1 a 0 no marcador.

A equipe de Alfenas decepcionou a torcida que compareceu ao estádio (Foto: Otávio Borba)


Aos 11 minutos, novamente vacilo da zaga alfenense em cobrança de falta por Zé Luiz. O volante Bago apareceu livre de marcação e de cabeça fez 2 a 0. Aos 15 minutos, o Alfenas Esporte Clube esboçou uma reação. Elivelton sofreu pênalti. Ele mesmo cobrou e fez o primeiro gol dos alfenenses.

Dois minutos depois, a apatia e os erros de passes e de marcação novamente se fizeram presente. Falta cobrada na área de Alfenas, a zaga não vai, Celsinho demora para sair e o zagueiro Adrianão, de cabeça, fez 3 a 1 no marcador.

Incrédulo e assustado, o treinador Celso Liberato gritava com sua equipe, tentando posicioná-la e acalmá-la, mas nada disso deu certo. Os erros continuaram e os machadenses aproveitaram e bem a insegurança que tomou conta do time. Aos 36 minutos, o atacante Wellington "Pretinho" recebeu próximo a meia lua, teve tempo para pensar, ajeitar e bater forte e fazer 4 a 1 no placar. O goleiro Juninho demorou a ir para a bola.

Aos 44 minutos, após Elivelton perder uma disputa de bola, próximo ao meio campo, a seleção de Machado teve tempo de sobra para armar o contragolpe, pois mal posicionados, os volantes Gustavo Rodrigues e Paulo Sérgio, além dos zagueiros, Matheus Lohan e Alexandfe Vitor, chegaram tarde na marcação e novamente Wellington "Pretinho" toca por cobertura na saída do goleiro Celsinho Júnior, fazendo cinco a um no marcador.

2° tempo

Na segunda etapa, após puxão de orelhas no vestiário e certamente uma boa conversa com o experiente jogador Elivelton Rufino, a equipe melhorou. Voltou mais disposta e aguerrida, com o mesmo espírito do jogo em Machado. Aos cinco minutos, Elivelton Rufino, de fora da área, acertou o travessão do goleiro Farinha. Poucos minutos depois foi a vez do zagueiro Lohan aparecer e cabecear bem, mas novamente Farinha aparece e bem, mandando para escanteio.

Em uma tarde irreconhecível, Alfenas foi goleada (Foto: Otávio Borba)


Aos 13 minutos, Lucas Silva, o Lukinha, apagado na primeira etapa, fez boa jogada pelo setor esquerdo e acertou um belo chute, no ângulo do goleiro Farinha, fazendo o segundo gol alfenense. Mas aos 35 minutos, novamente o atacante Pretinho recebeu lançamento de Zé Luiz, ganhou de Alexandre Vítor e bateu forte, fazendo 6 a 2 no placar.

O treinador Celso Liberato fez várias alterações, mas tardiamente. Ganhou mais folego e disposição com as entradas de Paulinho "Bolt", Matheus Leal e Matheus Souza. E chegou ao terceiro gol, novamente com Elivelton Rufino cobrando falta, aos 40 minutos.

Uma partida para esquecer, ou melhor, para lembrar e bem. Entrar ligado, dedicado, focado e unido, tem que ser em todos os jogos, como ocorreu nos três primeiros confrontos. A arbitragem esteve a cargo de Aguinarras Amadeu, sendo auxiliado por João Sávio e Diogo Vitor. Na súmula, Alexandre Abreu e como fiscal de jogo, Alexandre Santos.

O Alfenas Esporte Clube perdeu com Celsinho Júnior, Natanael, Matheus Lohan, Alexandre Vitor e Thiago Nunes, Gustavo Rodrigues, Tuty, Tukinha e Elivelton Rufino, Lukinha e Jhon Santos. No banco, o treinador Celso Liberato contou com Tonho, Lelo, Marcelo Junior, Jussimar, Matheus Souza, Paulinho "Bolt", Matheus Leal, Lucas "Abelha", Gustavo Pernambuco, Agmon Max e Diego Lima.

A seleção de Machado ganhou com Farinha, Guilherme, Lenin, Adrianão e Dudu, Diego "Verdura", Roger Garcia, Bago e Zé Luiz, Ruan e Wellington "Pretinho". No banco, o treinador Felipe Garcia contou com Charles, Ti, Buiu, Thiago, Paulinho, Garcia, Dênis, Edi e Garonzi.

NOTÍCIAS RELACIONADAS


DEIXE SEU COMENTÁRIO

Caracteres Restantes 500

Termos e Condições para postagens de Comentários


COMENTÁRIOS

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.