Alfenas Hoje - Vereador acusa agressão de seguranças durante o Velório do Carneiro
Postado em quinta-feira, 12 de abril de 2018 às 23:11

Vereador acusa agressão de seguranças durante o Velório do Carneiro

Alessandro Emergente

O vereador Reginaldo Flausino (GM Flausino/PHS) acusa seguranças do evento “Velório do Carneiro”, ocorrido no final de semana passado, de terem excedidos e o agredirem durante a festa. A confusão teria ocorrido após um outro rapaz ter sido agredido pelos seguranças, segundo relatos do parlamentar em um boletim de ocorrência (B.O).

De acordo com a versão do vereador, ele teria ido com a sua esposa buscar atendimento a uma amiga que apresentava dores nas costas. No evento havia uma unidade de atendimento disponível. Nesse momento, viu um rapaz sendo agredido no chão por seguranças.

A esposa do parlamentar, Luciana Tavares Flausino, foi até os seguranças questioná-los sobre as agressões, momento em que um dos seguranças teria ido em direção a ela numa reação hostil. Foi então que Flausino interviu para retirá-la do local e foi agredido com uma tonfa, afirmou no B.O.

O vereador Flausino que registrou um boletim de ocorrência contra a suposta agressão (Foto: Alessandro Emergente/Arquivo)


Flausino, que também é guarda civil municipal, disse à reportagem do Alfenas Hoje que, logo após a agressão, acionou a Polícia Militar que registrou um boletim de ocorrência sobre o caso, tendo o parlamentar como vítima. O vereador chegou a ser atendido por uma equipe médica para exames.

Versão dos seguranças

Os seguranças alegaram que atuaram para conter um homem que teria feito ameaças a uma outra pessoa. Porém, na abordagem o rapaz teria tentado agredir um dos seguranças, mas foi contido por outros integrantes da equipe.

Ainda segundo os seguranças, Flausino e a esposa teriam feito ofensas a eles, sendo que o vereador estava exaltado e chegou a dar um soco no ombro de um dos seguranças que revidou com a tonfa. O parlamentar nega e disse que realizou exames que comprovam que foi agredido com a tonfa e desafia os seguranças a apresentarem laudos que comprovem agressão de sua parte.

Homem agredido

O homem que teria sido agredido pelos seguranças e chegou a ficar caído no chão é Carlos Henrique de Souza, 53 anos, conhecido como “Carioca”. Na última quarta-feira, Souza registrou um B.O no qual acusa ter sido vítima de agressões dos seguranças do evento.

O homem que teria sido agredido pelos seguranças é Carlos Henrique de Souza, conhecido como Carioca (Foto: Reprodução/Whatsapp)


Segundo Souza, a confusão começou após um esbarrão com um dos seguranças. Houve discussão e ele teria sido agredido com um chute por um segundo segurança, caindo em seguida. Ele relatou que, com a queda, bateu a cabeça e o braço esquerdo que ficou lesionado.

Souza disse que, no decorrer da semana, continuou sentido dores e teve que procurar assistência médica. O rapaz também confirmou a versão apresentada por Flausino sobre as agressões.

Os seguranças envolvidos no incidente são de uma empresa contratada pela organização do “Velório do Carneiro”. A empresa é a CiaSeg, que tem sede em Pouso Alegre. A reportagem tentou contato com a direção da empresa na tarde de quinta-feira, mas até a publicação desta matéria jornalística a redação não havia recebido o retorno da ligação.








   
   
COMENTÁRIOS

17 Comentários


Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.


Comentar essa Notícia
 
 
 
 
Carregar mais comentários
   
   
   
Termos e Condições para postagens de Comentários
Comentar essa Notícia










Alfenas Hoje - Jornalismo com responsabilidade
Copyright © 2007 - 2018 - Todos os direitos reservados

Adapt Soluções e Treinamentos