Alfenas Hoje - Barbearias no estilo vintage invadem Alfenas
Postado em quinta-feira, 15 de março de 2018 às 20:08

Barbearias no estilo vintage invadem Alfenas

Alessandro Emergente

Muito além de barba, cabelo e bigode. As barbearias no estilo vintage (que resgatam a tradição) viraram um refúgio para o público masculino de Alfenas. O prazer em ouvir uma boa música, encontrar amigos e cuidar da aparência num ambiente agradável faz com que o público procure, cada dia mais, esse estilo de barbearia, que tem invadido Alfenas.

O estilo surgiu em Alfenas nos últimos anos e tem ganhado força. Hoje já são mais de 10 barbearias que adotaram o estilo retrô no seu ambiente e passaram a valorizar um ambiente mais temático. Mas mesmo entre elas é possível perceber diferenças de estilos – do som presente no espaço aos tipos de serviços.

Um dos empreendedores que apostaram no vintage é Jonathan Lara, da barbearia O Lara Barber. Ele atuava como analista de mercado, atuando no eixo Rio-São Paulo, quando decidiu mudar de rumo. Viu no mercado de barbearias uma oportunidade de negócio e, ao mesmo tempo, de ter mais qualidade de vida, ao lado da família. 

Barbearias resgatam charme do passado e atraem novos públicos (Foto: Reprodução/Facebook)


Pouco mais de um ano após montar a sua barbearia, ao lado do Sesi, Lara diz que tem um número de clientes que é o dobro do que tinha projetado inicialmente. O espaço foi decorado com objetos retrô, além de disponibilizar aos clientes bebidas (refrigerante e cervejas variadas) e internet wi-fi. A ideia, diz, é ampliar os serviços disponíveis e tornar o ambiente cada vez mais aconchegante.

Clássico e com qualidade

A expressão vintage significa algo clássico - que remete as décadas de 20 a 60 - e de excelente qualidade. Por isso, alguns clientes ainda podem mostrar-se receosos com o estilo. Mas não se enganem: os preços dos serviços estão alinhados ao mercado e são bastante competitivos.

Embora a moda da barba tenha ajudado a alavancar o estilo, a ideia de deixar um ambiente mais confortável, com bebida, café e uma boa música – um verdadeiro refúgio para o público masculino – é que tem atraídos os clientes.

Desenhos e cortes especiais viram atrativo para o público infantil (Foto: Reprodução/Facebook)


A preocupação com a estética tem aumentado entre os homens. Uma pesquisa realizada pela empresa Euromonitor Internacional apontou o crescimento de 7,1% do mercado de beleza masculino, em 2015. O levantamento foi divulgado no ano passado pela Revista Exame.

Por isso, mesmo que a moda da barba esfrie, Lara acredita que o setor continuará aquecido. Ele conta que, em cada 10 clientes, sete ainda buscam cortes de cabelo – do tradicional aos novos estilos de cortes. O público infantil já representa boa parcela desse público.

Entre as barbearias vintage, diferenças de estilos, como a música escolhida para o ambiente, vão marcando definição do público. Na O Lara Barber, por exemplo, é o rock clássico que reina. É preciso estar atento a cada detalhe, lembra o proprietário.

Ex-professor em cursos para formação de novos profissionais no ramo de barbearias, Lara aposta no setor (Foto: Reprodução/Facebook)


A invenção da lâmina descartável favoreceu o auto barbear em domicilio e fez com que o movimento nas barbearias reduzisse. Somente há cerca de 10 anos o modelo contemporâneo de barbearias vintage foi resgatado através da precursora “Barbearia 9 de Julho”, em São Paulo. Hoje, nas grandes cidades, já é possível encontrar redes, franquias e marcas independentes.

Mercado em números

A reportagem tentou um levantamento oficial sobre o número de barbearias na cidade junto a Secretaria de Fazenda. Porém, a classificação é diversa, o que dificulta chegar a números precisos dos estabelecimentos no ramo: eles estão cadastrados desde salão de beleza e cabelereiros (53 estabelecimentos), que atendem público unissex, até estabelecimentos com atividade estética, onde aparecem três barbearias, seis cabelereiros e 24 pontos ligados a beleza.

Considerando apenas o público masculino, o mercado de beleza saltou de R$ 10 bilhões em faturamento, em 2011, para R$ 19,6 bilhões no último ano. Os números são da consultoria Euromonitor, que estima que esse mercado tenha um enorme potencial de crescer ainda mais, chegando a R$ 26,7 bilhões em 2021.








   
   
COMENTÁRIOS

2 Comentários


Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.


Comentar essa Notícia
 
 
 
 
   
   
   
Termos e Condições para postagens de Comentários
Comentar essa Notícia










Alfenas Hoje - Jornalismo com responsabilidade
Copyright © 2007 - 2018 - Todos os direitos reservados

Adapt Soluções e Treinamentos