Alfenas Hoje - Indústria fechou 9 mil vagas de empregos em 5 anos nas principais cidades do Sul de MG, aponta Caged
Postado em quarta-feira, 31 de janeiro de 2018 às 10:02

Indústria fechou 9 mil vagas de empregos em 5 anos nas principais cidades do Sul de MG, aponta Caged

s números do Caged, do Ministério do Trabalho, divulgados na semana passada, mostraram que o Sul de Minas obteve em 2017 o melhor desempenho do últimos 4 anos na geração de empregos. Apesar disso, um levantamento do G1 Sul de Minas com base nos números do Caged dos últimos 5 anos mostram uma situação preocupante: só a indústria fechou 9 mil vagas de emprego nas 10 maiores cidades da região. Na contramão, o setor de serviços abriu 7 mil novos postos de trabalho nesse período.

A queda no número de empregos nas indústrias das maiores cidades da região pode ser explicada pelos períodos mais agudos da crise financeira que atingiu o Brasil. De 2014 a 2016, só esse setor foi responsável pelo fechamento de 10.595 postos de trabalho. O período mais crítico foi o ano de 2015, quando apenas 6.501 vagas foram fechadas nas indústrias das principais cidades da região.

Saldo de geração de empregos nos últimos 5 anos 
nas principais cidades da região - por setor da economia
O município que mais sofreu com a crise na indústria foi Pouso Alegre. Em 5 anos, o município perdeu 2.319 vagas no setor. Já Itajubá perdeu 2.017 vagas e Varginha 1.453. Apesar de não estar entre as 10 maiores, o município de Extrema, que já tem o 3º maior PIB da região, foi na contramão da crise e gerou 881 novas vagas na indústria em 5 anos.
Saldo de geração de empregos nos últimos 5 anos
nas principais cidades da região - por município


 
Setor de serviços

Nos últimos 5 anos, mesmo durante a fase aguda da crise, o setor de serviços segurou a onda da geração de empregos no Sul de Minas. De 2013 a 2017, foi esse o setor responsável pela maioria dos postos de trabalho gerados nas principais cidades da região, gerando ao todo, 7.272 vagas.
 
Nesse período, os municípios de Alfenas e Varginha foram destaque na geração de empregos em serviços, abrindo 1.497 e 1.320 novas vagas respectivamente no setor.
 

Setor de serviços é o que mais contratou na região nos últimos 5 anos (Foto: Reprodução EPTV)


Segundo especialistas, o aumento no número de empregos no setor de serviços representa também uma recuperação de outros setores da economia de uma forma geral.

"Automaticamente essas pessoas que estavam fora do trabalho voltam a consumir no setor de serviços, cabeleireiro, cinema, restaurantes e isso impulsiona o setor de serviços", disse o economista Carlos Frade ao Jornal da EPTV 2ª Edição no dia 29/01.

Saldo de geração de empregos nos últimos 5 anos
nas principais cidades da região - no setor de serviços

 
Recuperação

Os números do Caged em 2017 mostram que a economia está em recuperação no Sul de Minas, já que a geração de empregos é um dos termômetros que medem se ela está indo bem. Além do setor de serviços, a boa notícia é que o comércio vem se recuperando na abertura de vagas e que a indústria está estável, ou seja, parou de demitir.

Entre as cidades, destaque para Pouso Alegre, Alfenas e Varginha, que entre as 10 maiores, foram as que mais contrataram no ano passado.
 
 
 
















  • FOI NOTÍCIA
  • Últimos Comentários

Alfenas Hoje - Jornalismo com responsabilidade
Copyright © 2007 - 2018 - Todos os direitos reservados

Adapt Soluções e Treinamentos