Postado em quarta-feira, 31 de janeiro de 2018 às 08:19

A uma semana de jogo chave, veja o que o Atlético já fez na temporada 2018

Galo visita o Atlético-AC na próxima quarta-feira, pela Copa do Brasil...


 Nos primeiros dias de trabalho na Cidade do Galo para a temporada 2018, a comissão técnica alvinegra definiu uma meta inicial: preparar o plantel para a primeira partida decisiva do ano, diante do Atlético Acreano, pela estreia na Copa do Brasil, na Arena da Floresta, em Rio Branco. O jogo está marcado para a próxima quarta-feira (7), às 21h45 (de Brasília). Com a vantagem do empate, apenas uma derrota elimina o Alvinegro da competição.

Passaram-se 28 dias desde a reapresentação do elenco para a atual temporada (4 de janeiro). Desde então, o Atlético utilizou diversas estratégias para chegar ao confronto decisivo do dia 7 de fevereiro com a condição física ideal. A rotação do elenco foi o ponto mais notado no trabalho de Oswaldo de Oliveira no ano.

Foram sete jogadores contratados (Samuel Xavier, Arouca, Ricardo Oliveira, Erik, Róger Guedes, Iago Maidana, Tomás Andrade) e quatro partidas oficiais disputadas. O Galo também disputou dois jogos no torneio amistoso Florida Cup, utilizando uma equipe com predominância de jovens do extinto time sub-23.

Revezamento de time nas partidas

Nas partidas amistosas da Florida Cup, o Galo perdeu os dois confrontos, para Rangers-ESC (1 a 0) e Atlético Nacional-COL (2 a 0). Com time considerado reserva, em sua estreia no Campeonato Mineiro (18 de janeiro), o Alvinegro empatou com o Boa Esporte (0 a 0), em Varginha.

Na primeira vez que utilizou os considerados “titulares” (21 de janeiro), contra o Democrata-GV, no Independência, o Galo conseguiu a única vitória (3 a 0) na temporada até o momento. Quatro dias depois, com o time reserva novamente, perdeu para o Villa Nova (1 a 0), no Castor Cifuentes.

Na quarta rodada do Estadual (28 de janeiro) e mais recente partida do Galo, o Atlético apenas empatou em casa com o Patrocinense (2 a 2).

Reforços em campo

Dos sete reforços atleticanos para 2018, apenas o zagueiro Iago Maidana e o meia Tomás Andrade ainda não estrearam com a camisa do Galo. O atacante Erik, que chegou junto ao Palmeiras, foi o reforço que mais entrou em campo. Ele jogou em três oportunidades: contra Boa Esporte e Villa Nova foi titular, enquanto contra o Democrata-GV ele entrou no lugar de Otero, aos 41 minutos da segunda etapa.

Novo regulamento e adversário modesto


A partir da edição de 2018, a Copa do Brasil sofreu algumas alterações. As duas primeiras fases são jogos únicos e sem a vantagem do gol fora de casa como critério de desempate. A partir da terceira fase, a competição passa a ser ida e volta, mas o “gol fora” continua inválido.

Nas oitavas de final, os times que disputam a Libertadores 2018 (Corinthians, Grêmio, Palmeiras, Santos, Flamengo, Cruzeiro, Vasco e Chapecoense) e os campeões da Copa do Nordeste de 2017 (Bahia), da Copa Verde de 2017 (Luverdense) e da Série B do Campeonato Brasileiro de 2017 (América) entram na disputa.

O Atlético Acreano, primeiro adversário do Galo na competição, realizou duas partidas na temporada até então: venceu o São Francisco por 8 a 0 e o Vasco-AC por 2 a 0, ambos pelo Campeonato Estadual.

A próxima partida será nesta quarta-feira (31), diante do Santos-AP, pela Copa Verde. Depois do confronto no Regional, o clube atuará diante do Galo.




Fonte: Super Esporte