Alfenas Hoje - Rafinha desequilibra de novo, Cruzeiro goleia Uberlândia e lidera Campeonato Mineiro
Postado em quinta-feira, 25 de janeiro de 2018 às 08:52

Rafinha desequilibra de novo, Cruzeiro goleia Uberlândia e lidera Campeonato Mineiro

 O Cruzeiro já fazia boa apresentação diante do Uberlândia em noite de casa cheia no Mineirão. Os gols de Rafael Estevam (contra) e Thiago Neves na etapa inicial garantiam ao clube celeste uma vantagem confortável. Mas o baixinho Rafinha, que teve recentemente seu contrato renovado até dezembro de 2019, mostrou mais uma vez que tem tudo para ser um dos principais jogadores da equipe em 2018. Acionado pelo técnico Mano Menezes aos 25min do segundo tempo no lugar de Arrascaeta, o camisa 18 aprontou correria intensa para cima dos adversários e marcou dois gols oriundos de rápidas trocas de passes com os companheiros, decretando o triunfo estrelado por 4 a 0.

Quem mais uma vez passou em branco foi o atacante Fred. Não por falta de tentativas. No primeiro tempo, o camisa 9 acertou uma finalização na trave. Já na etapa final, parou por duas vezes em ótimas defesas do goleiro Felipe e ainda cabeceou a redonda muito perto do poste direito. Pela terceira vez consecutiva, o centroavante atuou durante os 90 minutos.

A vitória por 4 a 0, na noite desta quarta-feira, colocou a Raposa na liderança do Estadual, com sete pontos e seis gols de saldo. O time só perderá essa condição se o Atlético ganhar do Villa Nova nesta quinta, em Nova Lima, por três ou mais gols de diferença (desde que marque pelo menos quatro vezes).

CLASSIFICAÇÃO DO CAMPEONATO MINEIRO

O jogo

Ainda que em menor número em relação ao primeiro jogo do Cruzeiro na temporada, o Mineirão recebeu bom público na noite desta quarta-feira. Mesmo com a partida sendo transmitida em TV aberta, 25.242 pessoas estiveram no estádio e prestigiaram a equipe. Uma das atrações era a e estreia do lateral-direito Edilson. Mas os olhos dos cruzeirenses também se voltaram para o atacante Fred, em busca de seu primeiro gol em 2018, e o meia Thiago Neves, que permanecerá no clube após a diretoria recusar uma oferta de US$ 3,5 milhões do Al-Hilal, da Arábia Saudita.

Como de praxe dentro de seus domínios, o Cruzeiro controlou a posse de bola e passou todo o primeiro tempo praticamente no campo de ataque. As primeiras finalizações foram fora do alvo do experiente goleiro Felipe, ex-Corinthians e Flamengo. Já aos 34min, a torcida quase comemorou o gol de Fred. Após escorada de calcanhar de Thiago Neves, o camisa 9 bateu rasteiro e viu a redonda tocar caprichosamente na trave esquerda. Na sobra, Arrascaeta tentou emendar de primeira e viu Felipe defender em dois tempos.

Em virtude da amplia superioridade, a impressão era de que o gol do Cruzeiro sairia a qualquer momento. Contudo, ninguém esperava que o 1 a 0 aconteceria de maneira fortuita. Em jogada individual pelo lado direito, Robinho tentou o cruzamento baixo para a área e contou com a colaboração de Rafael Estevam, que desviou a bola no meio do caminho e marcou contra aos 35min. Sete minutos depois, Thiago Neves teve a oportunidade em cobrança de falta, assinalada de maneira equivocada pelo árbitro Emerson de Almeida Ferreira, e acertou belíssimo chute no ângulo esquerdo: 2 a 0.

Com a equipe mantida para o segundo tempo, a Raposa quase marcou o terceiro logo nas primeiras saídas para o ataque. Por duas vezes, o volante Henrique poderia ter balançado a rede. Na primeira, aproveitou-se de cobrança de escanteio e cabeceou para baixo, obrigando Felipe a defender. Na segunda, recebeu lançamento de Fred, apareceu cara a cara com o goleiro, porém preferiu efetuar uma assistência a finalizar. Ninguém de azul estava na pequena área.

O Uberlândia esboçou uma reação e chegou a balançar a rede aos 7min, porém o zagueiro Ferron estava impedido quando cabeceou a bola. Já aos 17min, foi a vez de Cesinha tabelar com Deivison e chutar rasteiro. Fábio pegou em dois tempos. O Periquito quase balançou a rede em outras duas situações: em arremates de fora da área de Rafael Estevam e Deivison.

Passado o ligeiro momento de domínio do Uberlândia, o Cruzeiro voltou à carga para tentar o terceiro gol. O inspirado goleiro Felipe tentou a todo custo evitar, defendendo os cabeceios de Fred e Rafinha e um voleio do camisa 9 – tudo isso aos 29min. Mas aos 34min não teve jeito: a Raposa colocou a bola no chão e entrou na área do Uberlândia trocando passes. Rafinha foi o responsável por empurrar para as redes depois de assistência de Thiago Neves: 3 a 0. Já aos 39min, a tabela com Ariel Cabral e Sobis deixou o camisa 18 frente a frente com Felipe para fechar o placar: 4 a 0.

CRUZEIRO 4X0 UBERLÂNDIA

CRUZEIRO


Fábio; Edilson, Manoel, Murilo e Egídio; Henrique e Ariel Cabral (Lucas Silva, aos 40min do 2ºT); Thiago Neves (Rafael Sobis, aos 36min do 2ºT), Robinho e Arrascaeta (Rafinha, aos 25min do 2ºT); Fred
Técnico: Mano Menezes

UBERLÂNDIA

Felipe; Cesinha, Bruno Costa, Ferron e Rafael Estevam; João Paulo, Daniel Pereira (Danilo, aos 30min do 2ºT), Alê e Eliomar (Saulo, no intervalo); Leandro Santos e Deivison
Técnico: Paulo Cezar Catanoce

Gols: Rafael Estevam, contra, aos 35min; Thiago Neves, de falta, aos 42min do 1ºT. Rafinha, aos 34min e aos 39min do 2ºT (CRU)
Cartões amarelos: Deivison, aos 43min, João Paulo, aos 44min do 1ºT (UBE)

Motivo: terceira rodada do Campeonato Mineiro
Local: Mineirão
Data: quarta-feira, 24 de janeiro de 2018
Horário: 21h45
Árbitro: Emerson de Almeida Ferreira
Assistentes: Sidmar dos Santos Meurer e Marcone Helbert Vieira

Pagantes: 23.467
Presentes: 25.242
Renda: R$ 252.384,00



Fonte: Super Esportes

















  • FOI NOTÍCIA
  • Últimos Comentários

Alfenas Hoje - Jornalismo com responsabilidade
Copyright © 2007 - 2018 - Todos os direitos reservados

Adapt Soluções e Treinamentos