Postado em segunda-feira, 22 de janeiro de 2018 às 11:11

Ter sido gordinho até os 19 anos pode aumentar riscos de morte antes dos 60 anos

 O excesso de peso tem sido associado a diversos problemas de saúde e as taxas de obesidade entre crianças e adolescentes, cada vez maiores, preocupam a comunidade médica. Não à toa: um recente estudo mostrou que ser gordinho até 19 anos aumenta os riscos de mortes por doenças infecciosas na meia idade.

Obesidade na adolescência aumenta riscos de mortes

De acordo com a pesquisa, publicada no periódico científico Journal of Obesity, o sobrepeso na juventude está associado a maiores chances de óbito por pneumonia e sepse (infecção generalizada) antes dos 60 anos de idade.

Os pesquisadores analisaram dados de saúde de 2,3 milhões de jovens entre 17 a 19 anos, avaliando informações como altura, peso, quadros de diabetes, asma, problemas visão, entre outros. Em seguida, foi feito um cruzamento dos resultados com as causas de morte do Ministério da Saúde de Israel, focando na relação entre índice de massa corporal (IMC) e mortes por doença infecciosas.

Segundo o levantamento, das 2,3 milhões dos participantes do estudo, 689 morreram de doenças infecciosas na meia idade.

Entre as mulheres, o risco de mortes por doenças infecciosas era sete vezes maior em comparação com aquelas que estavam com peso adequado. No caso dos homens, o risco era 2,3 vezes maior por doenças infecciosas.




Fonte: Vix Saúde