Postado em quarta-feira, 3 de janeiro de 2018 às 09:26

Seleção segue evolução de Jesus "em tempo real" e crê em retorno rápido

Médico fala diariamente com o City, e comemora tratamento sem cirurgia no joelho do atacante...


 O departamento médico da seleção brasileira tem acompanhado à distância, mas intensamente, a evolução do tratamento de Gabriel Jesus, que sofreu uma lesão no ligamento colateral medial do joelho esquerdo. Rodrigo Lasmar, médico da CBF, conversou diariamente, desde a contusão, com seus colegas de profissão do Manchester City, e também com o atacante.

À reportagem do GloboEsporte.com, Lasmar confirmou que o tratamento será conservador, ou seja, sem a necessidade de cirurgia, o que abreviará o período de recuperação de Gabriel Jesus.

– Não posso falar em prazo, isso é com os médicos do City, mas nós temos conversado todos os dias e sabemos de tudo que tem sido feito. O Gabriel vai se recuperar rapidamente, da melhor maneira possível. É claro que preocupa uma lesão como essa, mas não há indicação de cirurgia e nós temos certeza que ele ficará bem – disse Lasmar, que tem contato com Max Sala, do City.

O camisa 9 do Brasil se lesionou sozinho durante o empate sem gols do líder do Campeonato Inglês com o Crystal Palace, no último domingo. Imediatamente, a imagem preocupou para a Copa do Mundo. A Seleção estreia no dia 17 de junho, contra a Suíça, na cidade de Rostov-on-Don.


Rodrigo Lasmar é médico da Seleção que acompanha o caso (Foto: Pedro Martins / MoWA Press)



Mas logo o técnico Pep Guardiola tranquilizou a situação ao dizer que o período de recuperação de Gabriel Jesus giraria entre um e dois meses. Depois de novos exames, o clube confirmou a lesão no joelho esquerdo, mas não estimou um prazo para seu retorno aos gramados.

As comissões técnicas da seleção brasileira e do City se aproximaram no mês passado, depois de uma visita de Tite e Edu Gaspar a Guardiola e seus auxiliares. A Seleção é vista com bons olhos pelos clubes europeus pela quantidade de informações que transmite sobre os jogadores convocados. São relatórios extensos sobre os treinos realizados e dados individuais de cada um.

Agora, Rodrigo Lasmar vai se beneficiar dessa boa relação tendo informações frequentes sobre o estado de Gabriel Jesus, um dos protagonistas da equipe de Tite. Antes da Copa do Mundo, o Brasil disputará dois amistosos em março, nos dias 23 e 27, contra Rússia e Alemanha, respectivamente.




Fonte: Globo Esporte