Postado em quarta-feira, 29 de novembro de 2017 às 09:31

Café: Cotações do arábica operam próximas da estabilidade nesta manhã de 4ª feira na Bolsa de Nova York

No Brasil, por volta das 09h10, o tipo 6 duro era negociado a R$ 450,00 a saca de 60 kg em Espírito Santo do Pinhal (SP) – estável, em Guaxupé (MG)...


 

Os futuros do café arábica na Bolsa de Nova York (ICE Futures US) operam próximos da estabilidade nesta manhã de quarta-feira (28), mas estão do lado vermelho da tabela. O mercado volta a realizar ajustes ante as recentes valorizações motivadas pela atuação dos fundos e câmbio. Ainda assim, o clima no Brasil, maior produtor e exportador, também segue movimentando o mercado.

Por volta das 09h00 (horário de Brasília), o contrato dezembro/17 estava cotado a 127,45 cents/lb com alta de 190 pontos – fechamento anterior, o março/18 registrava 129,70 cents/lb com 15 pontos de baixa. Já o maio/18 anotava 131,90 cents/lb com recuo de 15 pontos e o julho/18 operava cotado a 131,90 cents/lb com desvalorização de 10 pontos.

"Muitos traders de arábica esperam que o mercado se mova para mais alto devido as ideias de baixa produção das culturas em toda a América Latina e especialmente no Brasil. As exportações brasileiras estão reduzidas, com estoques reduzidos de produtores e exportadores, embora alguns traders acreditem que os produtores estão apenas impedindo as vendas e tentando forçar preços mais altos", disse em relatório o analista Jack Scoville.

No Brasil, por volta das 09h10, o tipo 6 duro era negociado a R$ 450,00 a saca de 60 kg em Espírito Santo do Pinhal (SP) – estável, em Guaxupé (MG) os preços também seguiam estáveis a R$ 455,00 a saca e em Poços de Caldas (MG) estavam sendo cotados a R$ 448,00 a saca. Os negócios no mercado brasileiro melhoraram nos últimos dias, mas principalmente, com os tipos mais fracos.

 

Fonte: Notícias Agricolas