Postado em terça-feira, 24 de outubro de 2017 às 09:42

Empresa de lingerie em MG cria sutiã especial para mulheres com câncer de mama.



Enfrentar uma doença como o câncer de mama é um desafio na vida de milhares de mulheres em todo o mundo. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMC), ele é o tipo de câncer que mais mata mulheres entre 20 e 59 anos. De olho em ajudar quem passa pelo tratamento, uma empresa de lingerie de Juruaia (MG) criou um sutiã especialmente desenvolvido a este público.

A peça é diferente dos modelos cirúrgicos encontrados no mercado. “A principal diferença é que, além da espuma especial que ele tem no bojo, para dar volume às mulheres que perderam os seios, o sutiã tem um formato que tampa uma cavidade próxima à costela, de uma marca que costuma ficar nas mulheres que fazem a retirada das mamas”, explica a empresária Lúcia Iório, que desenvolveu a peça.


A primeira vez que uma peça voltada às mulheres com câncer de mama foi produzida pela empresa foi em 2016, mas em pequena escala, apenas para clientes mais próximas. Ao perceber a grande procura pelo produto, a empresa de Juruaia decidiu lançar um segundo modelo. A peça é feita de microfibra e renda, com espuma removível, criando uma espécie de prótese, e está disponível em cinco cores – branco, preto, rosa, marfim e chocolate.


“Essa variação de cores é muito importante. As clientes reclamavam que só encontravam modelos beges. Com essa coleção, colocamos várias cores, renda e seguimos tendências de moda”.

Foram 500 peças produzidas no primeiro pedido da segunda coleção, que foi lançada especialmente em homenagem ao Outubro Rosa, mês que alerta as mulheres para a prevenção do câncer.

“O lançamento nesta época foi para homenagear essas mulheres que passam por essa situação. Queremos passar a mensagem de autoestima, mostrar que é possível se sentir sensual e linda, e assim continuar a vida”.

A ideia de produzir a peça veio com uma cliente que mostrou um modelo parecido, que serviu como piloto para a empresa. A jovem passou pela mastectomia e sempre buscava modelos que cobrissem as marcas da cirurgia. Ela serviu de modelo para a elaboração da peça final.

Desde que foi lançado, o sutiã já trouxe boas histórias das clientes, que ficam felizes com os modelos exclusivos.

 

Quando uma cliente encontra estas peças ela fica muito feliz. Acreditamos que esse trabalho com a autoestima ajuda até na cura da doença”.

“Temos uma cliente em fase final de tratamento que já está praticamente curada. A alegria dela com o sutiã foi uma coisa linda, porque ela nem acreditava que estava tampando aquela cavidade da cirurgia. Sutiã que dava volume elas até já encontravam no mercado. Mas neste formato, é algo realmente novo”.


A empresária explica que o público não é tão grande, mas é fiel. “Quando a cliente encontra uma peça assim, ela tende a comprar de todas as cores, para aproveitar as peças”.

As histórias saem de Juruaia pelas mãos das revendedoras de lingerie que viajam pelo Brasil vendendo as peças. Uma delas é a vendedora Ana Maria Ramos, de Araras, cidade no interior de São Paulo. Ela conheceu o sutiã especial no último fim de semana, quando foi a Juruaia fazer suas compras.

“Uma das vendedoras que me atendeu mostrou a peça, a mim e a outra colega que também é revendedora. Como temos duas amigas que fizeram cirurgia para retirada da mama, decidimos levar de presente um pra cada”.

Ana Maria faz parte de uma associação que dá assistência a mulheres com câncer e aproveitou para levar mais peças para as mulheres atendidas.

As mulheres ficam muito sensíveis quando estão em tratamento. Entre as maiores preocupações, além da doença, é a queda do cabelo com o tratamento e também os seios. Autoestima é tudo para essas mulheres e um produto assim ajuda muito”, conta Ana Maria.

A revendedora já fez o contato entre as mulheres atendidas no interior de São Paulo com a loja em Juruaia, para fornecer o sutiã às mulheres que quiserem.
Com essas sutiãs, podemos fazer a alegria de algumas dessas pessoas. Tenho certeza que deixaremos algumas mulheres mais felizes e com a autoestima bem elevada”.

 

Fonte: G1GLOBO NOTICIAS

















Alfenas Hoje - Jornalismo com responsabilidade
Copyright © 2007 - 2017 - Todos os direitos reservados

Adapt Soluções e Treinamentos