Alfenas Hoje - Divino Rodosul e Floricultura vencem pelo Campeonato Amador
Postado em terça-feira, 13 de junho de 2017 às 20:08

Divino Rodosul e Floricultura vencem pelo Campeonato Amador

Otávio Borba

No último domingo, dia 11, o estádio Rachid B., Saliba, campo do Operário, foi palco de mais uma rodada do Campeonato Amador de Alfenas, definindo assim dois times para as semifinais. Em duas partidas bem movimentadas e agitadas, repletas de reclamações, Divino Rodosul e Floricultura Jardim do Éden garantiram as suas vagas na semifinal. Outros semifinalistas saem nessa quinta-feira.

Na primeira partida, o Divino Rodosul, do treinador Celso Liberato, bateu o Chapadão/Santa Luzia por 3 gols a 1. Gols de Leonardo "Tukinha", Lucas Silva, o Lukinha, de pênalti, e Jhon Santos. Para o Chapadão/Santa Luzia, Hiago, de cabeça, descontou. O experiente atacante Elivelton Rufino se contundiu e saiu ainda no início do jogo. Segundo ele, é um estiramento muscular e sua volta para os jogos seguintes está “complicada”.

Muita reclamação por parte do Chapadão contra o árbitro Antônio dos Reis e o seu auxiliar Jefferson Kleber Assis, que deixaram de assinalar um toque de mão, dentro da área, do volante Paulo Sérgio, o Tuty. Nada foi marcado e no contragolpe, o rápido Jhon Santos fez o terceiro e último gol do jogo, dando assim números finais ao marcador.

O experiente atacante Elivelton Rufino se contundiu e deixou a partida no início (Foto: Otávio Borba)


O Divino/Rodosul venceu com Celsinho Júnior, Gabriel Rufino, Alexandre Vitor, Matheus Lohan e Rafael Ribeiro, Tuty, Matheus Leal, Tukinha e Lukinha, Elivelton e Jhon Santos. No banco, Celso Liberato contou com Tonho, Matheus Souza, Agmon, Lucas Gustavo, Guilherme Leonardo, Jussimar e Gustavo Pernambuco O Chapadão/Santa Luzia perdeu com Jefinho, Linderley, Julinho, Gustavo e Edão, Jhonatan, Guinho, Gabriel e Maike, Yago e Michel Douglas. No banco, o treinador Alessandro "Dida" contou com Perereca, Luciano Almeida e Carlos.

De virada, Floricultura bate Operário

No segundo jogo da rodada, o Clube Esportivo Operário, do presidente Jarbas Soares, começou bem e saiu na frente no marcador, com gol do artilheiro Rafael Fonseca, aos 13 minutos, em excelente passe de William "Tubão".

A Floricultura Jardim do Éden, comandada pelo treinador Cláudio dos Santos, não se intimidou e passou a ter mais volume de jogo. Tanto é que aos 34 minutos, em rebote do goleiro Kleber Augusto, o garoto André Pipoca, um dos destaques desta partida, igualou o marcador em um gol.

Aos 40 minutos, em falta cobrada por Zé Henrique, o "Bomba", o bom goleiro Guilherme demorou a ir na bola e o time celeste, comandado pelo treinador Leandro Jacaré, fez 2 a 1 no marcador.

Na segunda etapa, o Clube Esportivo Operário sucumbiu ao melhor futebol apresentado pela Floricultura. Com a entrada do atacante Mike, de Areado, os comandados de Cláudio dos Santos buscaram com mais intensidade a vitória. E ela veio. Aos 13 minutos, após cobrança de escanteio, a zaga celeste vacilou e Gustavo igualou o marcador em dois gols.

Dois minutos depois, em cruzamento de Rafael, o esperto atacante Mike ganhou do zagueiro Edinho e tocou por cobertura sobre Kleber Augusto, virando o marcador em 3 a 2. Aos 32 minutos, o goleiro Kleber e o atacante Gustavo se desentenderam e foram expulsos pelo mediador Jaílson Adônis.

As duas primeiras semifinalistas saíram em partidas bem disputadas (Fotos: Otávio Borba)


E aos 38 minutos, Neder fez pênalti em André "Pipóca". Paulo Vinicius, que vinha fazendo boa partida, bateu com displicência e o experiente goleiro Ailton fez a defesa. Mesmo assim o placar ficou em 3 a 2 para a Floriculturas Jardim do Éden, mostrando mais gana e disposição que o time celeste do presidente Jarbas Soares, que mostrou falhas em todos os setores, principalmente no meio campo. Além de André Pipoca, destaque também para o médio volante, Flaviano, o "Vinho", ambos da Floricultura Jardim do Éden.

A arbitragem esteve a cargo de, Jailson Adônis, o "Tatuzinho", sendo auxiliado por Juraci Bispo das Virgens e Antônio Reis dos Santos.

A Floricultura venceu com Guilherme, William Viana, Felipe, Neno e André "Pipoca", Flaviano, Alessandro Fumaça, Paulo Vinicius e Rafael Biscoito, Gustavo e Eduardo. No banco, Cláudio dos Santos contou com Marcel, Guilherme, Maike, Wesley e Zé Rafael.

O Operário perdeu com Kleber Augusto, Marcelinho "Favela", Edinho, Neder e Bomba, Alex Sapo, Sérgio Henrique, Dênis e Maurinho Veras, Tubão e Rafael Fonseca. No banco, Jacaré teve Ailton, Catiti, Alexandre Bernardes e Alberone Júnior.

A próxima rodada, que definirá os outros semifinalistas, acontecerá no feriado de quinta-feira, dia 15, no período da manhã, a partir das 8h. No primeiro jogo, o Hamburgão Lanches, de Toninho "Chicrete", enfrenta o Chapadão, do treinador Iti. No jogo de fundo, o Seperente F. Clube, de Kennys Roberts, recebe o Alfenense Esporte Clube, de Luiz Carlos Jacinto e Danilo.








   
COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.


 

0 Comentários

Comentar essa Notícia
 
   
Termos e Condições para postagens de Comentários
Comentar essa Notícia








COLUNAS


Em debate
Shows do Aniversário de Alfenas
Leonardo Miranda
Democracia
O cair das máscaras
Daniel Murad Ramos
Literatura
O Documentarista
Leonardo Miranda

Alfenas Hoje - Jornalismo com responsabilidade
Copyright © 2007 - 2017 - Todos os direitos reservados

Adapt Soluções e Treinamentos