Alfenas Hoje - Parceria entre Epamig e produtores de vinho rende prêmio internacional para bebida do Sul de MG
Postado em sexta-feira, 9 de junho de 2017

Parceria entre Epamig e produtores de vinho rende prêmio internacional para bebida do Sul de MG

O Sul de Minas passou a integrar o cenário internacional de vinhos após produtores da região serem premiados no Decanter World Wine Awards 2017, em Londres, um dos maiores concursos do segmento. Dos 27 vinhos brasileiros participantes, cinco dos 15 premiados foram elaborados com a tecnologia da dupla poda desenvolvida no Núcleo Tecnológico Uva e Vinho da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig), em Caldas (MG).

Um dos vinhos premiados foi elaborado com uvas de Boa Esperança (MG) e processadas na vinícola Experimental da Epamig, em Caldas (MG). Na propriedade de Eduardo Junqueira são cultivados quatro tipos de uvas, entra elas, a Sauvignon Blanc, matéria-prima para a produção da safra de vinho branco de 2015, a Bel, em homenagem às mulheres da família do produtor. O vinho foi premiado com medalha de bronze no concurso em Londres.

“Foi uma pequena surpresa essa prêmio. A gente sabia que o vinho estava bom, com a qualidade muito boa e nós ficamos muito felizes com esse prêmio, que agora serve de motivação pra gente buscar melhorar cada vez mais”, disse Eduardo Junqueira Neto, produtor de uvas.


A qualidade, a textura e o gosto da uva são avaliados durante visitas dos técnica da Epamig, que sugerem técnicas diferentes de cultivo e irrigação para melhorar e aprimorar ainda mais o produto final. “Tem o pessoal responsável pela parte da vinificação e é um processo, com certeza, de altíssima qualidade e excelência”, disse Eduardo.

Mas até se tornar premiado, as uvas que deram origem ao vinho viajaram cerca de 185 km até a sede da Epamig, em Caldas, onde foram processadas com a tecnologia e mão de obra específica que resultou no produto vencedor. De acordo com o órgão, pelo menos 12 produtores do Estado utilizam o processo no núcleo tecnológico, que tem duração de aproximadamente 1 ano.

“Esse vinho, o produtor mandou a uva pra gente, então nós elaboramos ele. Primeiro é feito o desengace, o esmagamento, colocamos na prensa e então só o líquido vai para um tanque. A gente clarifica esse líquido, depois fermenta e ai começa o processo de estabilização, filtração até chegar a hora do engarrafamento, quando o vinho está pronto”, explicou a enóloga da Epamig, Isabela Peregrino.

O sucesso no prêmio internacional é reflexo de um trabalho de pesquisa da Epamig que aperfeiçoou a qualidade dos vinhos finos produzidos na região. Trata-se da técnica da dupla poda, que implica na inversão do ciclo produtivo da videira, alterando para o inverno o período de colheita das uvas destinadas à produção de vinhos. O método consiste na realização de duas podas, uma de formação dos ramos no mês de agosto, e outra de produção no mês de janeiro.

“Ao invés de podarmos a videira, como tradicionalmente era feito no mês de agosto para as uvas serem colhidas em janeiro e fevereiro, nós fazemos uma poda de produção em janeiro para que a uva cresça a partir de fevereiro, amadureça a partir de maio para ser colhida em julho”, explica Murilo Albuquerque Regina, pesquisador da Epamig.

A técnica deu tão certo que já é adotada em outras regiões do Brasil. “Têm vinhedos de dupla poda sendo conduzidos hoje no Sul de Minas Gerais; nos estados de São Paulo; Rio de Janeiro; Chapada da Diamantina, na Bahia; no Planalto Central, na região de Goiás”, disse o pesquisador.

Decanter World Wine Award


O prêmio Decanter World Wine Award 2017 foi organizado pela revista inglesa Decanter – uma das mais tradicionais e respeitadas publicações sobre vinhos no mundo. Contou com avaliação de mais de 17 mil vinhos, julgado por 219 especialistas no segmento, dentre eles, participaram 65 mestres de vinhos e 20 mestres sommeliers.

 

G1 Sul de Minas

















  • FOI NOTÍCIA
  • Últimos Comentários
COLUNAS


Lava Jato
O silêncio dos inocentes. Inocentes?
Daniel Murad Ramos
Em debate
Shows do Aniversário de Alfenas
Leonardo Miranda
Democracia
O cair das máscaras
Daniel Murad Ramos
Todos Colunistas do Alfenas Hoje

Alfenas Hoje - Jornalismo com responsabilidade
Copyright © 2007 - 2017 - Todos os direitos reservados

Adapt Soluções e Treinamentos